Ainda no seguimento da queixa apresentada ao ICAP sobre o tarifário TMN “e”, depois da TMN alterar a sua publicidade na internet e duplicar o número de minutos/mês para a TMN para 4.000, verifica-se que o operador mantém a sua estratégia de “publicidade enganosa“.

No site da TMN a publicidade ao “e” utiliza agora os slogans “usa sem limites” e “é grátis para TMN, nunca mais acaba“, o que, mais uma vez, não corresponde à verdade. Os limites actuais são de 4.000 minutos/mês para TMN, 1.500 sms/dia e 500Mb/mês de internet.

Assim, decidi apresentar reclamações na Anacom (ver reclamação) e na Direcção Geral do Consumidor (ver reclamação), solicitando a ambas as entidades que procedam em conformidade com o parecer emitido pelo ICAP relativamente a este assunto.

Aguardemos as “cenas dos próximos capítulos”.

Entretanto, não se esqueçam de aderir ao movimento no Facebook “Basta de sermos enganados pelos operadores de telecomunicações!” e façam também vocês as vossas queixas na Anacom e Direcção Geral do Consumidor (“Reclamação Online” no canto superior direito da página).

Quanto mais queixas, mais motivos terão estas entidades para actuar.

Gloriosas saudações Barrosianas…..