Segundo uma notícia publicada hoje pelo jornal espanhol El País, os clientes das redes móveis Portuguesas e Espanholas poderão vir a deixar de estar sujeitos ao pagamento de tarifas roaming.

Portugal e Espanha vão debater, na próxima cimeira luso-espanhola, que se realizará no início do próximo ano em Elvas, a eliminação das tarifas de roaming, ou seja, os custos adicionais que são cobradas quando alguém faz ou recebe chamadas ou mensagens de texto quando se deslocam ao estrangeiro.

A proposta partiu do Governo da Extremadura e tem sido tratada pelo Embaixador de Espanha em Portugal, Alberto Navarro, com o objectivo de ser incluída na agenda da reunião ao mais alto nível. No entanto, fontes do Ministério da Indústria Espanhol disseram que “este tema ainda não foi desenvolvido”, por isso a questão está ainda em aberto.

Por outro lado, uma informação vinculada hoje pela agência Europa Presss, menciona que este poderá ser um dos temas a abordar na próxima cimeira Europeia, ainda sem data marcada.

A eliminação do roaming é uma velha aspiração da Comissão Europeia e, em particular, da anterior Comissária Europeia com a supervisão das telecomunicações, Neelie Kroes. Em 2007, a Comissão Europeia aprovou uma norma que obrigava a uma descida de 70% nas tarifas de roaming cobradas pelas operadoras móveis. Agora, o órgão máximo de governação da Comunidade quer impulsionar uma reforma para eliminar completamente estes encargos num prazo de cinco anos.