Decorreu ontem, 02 de Novembro de 2009, no salão dos Bombeiros Voluntários de São Pedro de Sintra, a tomada de posse dos orgãos autárquicos da Freguesia de São Pedro de Penaferrim.

Como já seria de esperar, a Coligação Mais Sintra reservou um lugar no novo Executivo para a CDU, dando continuidade a uma “aliança contra-natura” a que já assistimos no anterior mandato.
Curioso foi o facto do membro da CDU, Sr. Frederico Simões, afirmar que o facto da CDU fazer parte deste novo Executivo se deve à votação que a população deu a esta força política, quando a CDU teve apenas 12% dos votos.
A única explicação que encontro para a CDU fazer parte do Executivo da Junta de Freguesia é que assim a Coligação Mais Sintra evita dissabores com a possível união dos Partidos da oposição (PS, CDU e BE), que nalgumas situações poderiam opôr-se às propostas do Executivo, pois somariam 7 votos (PS-5, CDU-1, BE-1) contra os seus 6 votos.

Esta sessão ficou marcada por um incidente caricato, que demonstra o desnorte e falta de capacidade das pessoas que estavam a dirigir a Assembleia, na altura da votação para Presidente da mesa da Assembleia de Freguesia.
Nesta altura, os trabalhos eram presididos pelo Presidente da Junta, Sr. Fernando Cunha, e na distribuição dos boletins de voto, estes foram entregues aos membros da Coligação Mais Sintra e da CDU que tinham acabado de ser eleitos para o Executivo, em vez de serem entregues aos membros da Assembleia que foram “empossados” em substituição dos eleitos para o Executivo.

Como é possível tal situação acontecer, quando na mesa da Assembleia estava presente a advogada da Junta e o seu Presidente? Acho que bastava um mínimo de atenção e bom senso para evitar tal situação.

No seu discurso, o Presidente da Junta afirmou que é seu desejo continuar o trabalho desenvolvido ao longo dos últimos quatro anos, enquanto outro elemento da sua lista, Sr. Pedro Martins, afirmou que é tempo de deixar para trás o argumento da suposta “herança” deixada pelo anterior executivo do PS, tão utilizado pela Coligação Mais Sintra para justificar a sua inoperância no anterior mandato.
Espero, sinceramente, que o novo mandato, que agora começa, não seja a continuação do último, pois isso significará que a nossa Freguesia continuará estagnada.

Esta tomada de posse ficou também marcada pela presença e discurso “social” do Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Fernando Seara, que mais parecia o discurso de um candidato a primeiro ministro, tal foi o ênfase dado aos problemas sociais que o nosso País enfrentará nos próximos quatro anos.
É claro que hoje também tomavam posse os orgãos da Freguesia da Terrugem, mas como quem ganhou as eleições para a Junta de Freguesia da Terrugem foi o PS, com maioria absoluta, terá sido mais “agradável”, para o Sr. Fernando Seara, estar presente na tomada de posse numa Freguesia onde quem ganhou foi a Coligação Mais Sintra.

Quero, ainda, salientar o facto do salão dos Bombeiros de São Pedro estar cheio para esta tomada de posse.
Seria interessante ver uma afluência de público idêntica nas próximas Assembleias de Freguesia.

Finalmente, gostaria de enaltecer o trabalho do Presidente cessante da Assembleia de Freguesia, Dr. Nuno Sanches Osório.

Gloriosas saudações Barrosianas…..