Caro ELEITOR da Freguesia de S. Pedro,

No próximo Domingo, O SEU VOTO decidirá o futuro da nossa Freguesia durante os próximos quatro anos. Dos últimos quatro fica a convicção de quase nada feito, um passado a esquecer.

Propomo-nos recuperar o prestígio de São Pedro, incluindo todas as localidades da Freguesia.

Qual a DEDICAÇÃO TOTAL que o actual presidente da Junta promete?

Em debate na Rádio Clube de Sintra, o ainda presidente e candidato do PSD (que omite os seus companheiros do CDS) apresentou-se com uma vida dividida entre a “Junta de Freguesia”, “o meu negócio” e o “meu clube”. No final, não se conteve com a dedicação total, ficando sem se saber a quê.

Apesar de várias insistências, as contas dos Festejos de 2006 nunca foram prestadas. As dívidas que ficam para o Executivo seguinte estão por apurar. O autocarro continua ao ar livre.

Denotando uma gritante incapacidade para apresentar projectos que respondam às necessidades da população da Freguesia, acabaria por “agarrar” as propostas que o candidato da CDU “disse” “e mais algumas coisas que eu penso”.

Fernando Cunha quer “um Parque de auto-caravanas” em espaço histórico de São Pedro.

Como é possível que o ainda presidente, que deveria tomar medidas para que o espaço fosse dignificado, se permita admitir auto-caravanismo na zona histórica, com o pretexto de que já “pernoitam em S. Pedro nos vários locais, principalmente no Largo da Feira” e que “há noites em que temos de abrir os sanitários para que as pessoas possam utilizar”. Inacreditável.

As “Obras” que nunca foram feitas, mas agora são anunciadas

Em verdadeiro golpe de magia, Fernando Cunha e Fernando Seara – ainda presidentes e candidatos – divulgaram como “obra” o Refeitório da Escola de Ranholas, que não fizeram. Por sinal até quiseram fechar a Escola, não fosse a luta da Associação de Pais.

Aliás, o candidato do PSD tenta meter sempre uma cunha pessoal no que não fez, estando neste caso também o Campo de Jogos da EB1, no Linhó, cujos custos foram suportados pela Associação de Pais e Encarregados de Educação, Câmara Municipal de Sintra e empresa Johnson Diversey. Da Junta de Freguesia de São Pedro, NADA.

Lamenta-se que para ganhos eleitorais se deitem mãos às mais variadas ilusões.

A realidade da Freguesia é muito diferente para pior

Deslocamo-nos pela Freguesia e surgem imagens chocantes a que os Executivos da Freguesia e da Câmara nunca ligaram. Dos esgotos a céu aberto em Manique à Praça D. Fernando II às escuras, da falta de um Jardim Público na Abrunheira (projectado pelo PS em 2001) ao abandonado Barrunchal. Vale de Flores e Ranholas só têm razões de desagrado.

Queremos outro futuro para S. Pedro

Chegou a hora de dizermos “basta” à inércia e à falta de capacidade para gerir, de forma equilibrada, as cada vez mais carências de que toda a Freguesia sofre.

Não queremos mais uma Junta que levou à degradação as Feiras Quinzenais.

Repudiamos como obra feita a recolocação em Escolas e Jardins-de-infância de relva sintética retirada de um campo de futebol, fortemente contaminada e cujo destino seria uma lixeira.

Fomos contra a Tabela de Preços e Taxas, fortemente penalizadora dos fregueses, enquanto que os da Feira se mantiveram quase inalterados apesar dos custos elevados de manutenção.

Que nunca mais se celebrem Acordos, inventem de Cooperação ou outra coisa qualquer, segundo os quais a Junta fique hipotecada por vários anos.

Projectos fundamentais

De uma vez por todas queremos arranjar soluções para os transportes públicos, em número de circulações e nova forma de preços ajustados às necessidades dos utentes;

A assistência médica não poderá continuar na Vila de Sintra (agora até à Várzea) mas sim em zona central onde possa servir toda a Freguesia.

A segurança, as escolas, o desporto e as zonas de lazer NÃO PODEM ESPERAR.

DÊ-NOS O SEU VOTO.
GARANTIMOS QUE NÃO SE ARREPENDERÁ.