No passado dia 29/Julho/2009, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) emitiu a directiva 2/2009, acerca da “participação de candidatos a eleições em debates, entrevistas, comentários e outros espaços de opinião nos órgãos de comunicação social“.

Nesta directiva está escrito que “no sentido de assegurar a igualdade de oportunidades de acção e propaganda das candidaturas durante as campanhas eleitorais” … “os órgãos de comunicação social que possuam como colaboradores regulares, em espaços de opinião, na qualidade de comentadores, analistas, colunistas ou outra forma de colaboração equivalente, membros efectivos e suplentes das listas de candidatos aos actos eleitorais a realizar ainda no ano corrente – eleições Legislativas e Autárquicas – deverão suspender essa participação e colaboração desde a data de apresentação formal da lista da respectiva candidatura no Tribunal Constitucional (o limite foi o passado dia 17/Agosto/2009) até ao dia seguinte ao da realização do acto eleitoral.

Mencionei esta directiva da ERC, porque, como todos sabem, nas eleições autárquicas para a Câmara Municipal de Sintra, o actual Presidente e candidato pela coligação “Mais Sintra”, Fernando Seara, mantém uma presença assídua no programa “Prolongamento” da TVI24.
Ainda ontem, no decorrer do programa, o “candidato” Fernando Seara afirmou que hoje iria visitar um mercado municipal.

Isto não é campanha eleitoral?
Isto não é aproveitamento da exposição mediática com o claro objectivo de ganhar vantagem sobre as restantes candidaturas?

O que é “curioso” é que esta presença no referido programa se mantém após as datas indicadas na directiva da ERC, sem que haja uma tomada de posição das entidades responsáveis (ERC ou a própria Comissão Nacional de Eleições).

Gostaría ainda de questionar onde está a ética de um orgão de comunicação social com a dimensão da TVI que continua a manter a colaboração de um candidato autárquico num seu programa?
A ideia que a TVI faz passar é que está a favorecer a candidatura de Fernando Seara ao município de Sintra.
Onde está a coragem dos responsáveis da TVI para suspender a participação de Fernando Seara no “Prolongamento” da TVI24?

Ou será que tudo isto faz parte de uma estratégia de “Dedicação Total”?

Da minha parte, já seguiram queixas para a TVI, Comissão Nacional de Eleições e Entidade Reguladora para a Comunicação Social acerca deste assunto.

Fico a aguardar uma firme tomada de posição dos responsáveis da TVI, bem como das entidades que deveriam supervisionar as eleições que se avizinham.

Gloriosas saudações Barrosianas…..